SOBRE O PROJETO DE PESQUISA FURG - EPEC

OBSERVATÓRIO DE ARTE PÚBLICA E AS MUDANÇAS A PARTIR DO COVID-19

Neste projeto pretende-se pesquisar as intervenções artísticas, ambientais e monumentais da cidade de Rio Grande e as suas relações com as origens da arte pública e da arte pública de novo gênero na formação de poéticas na paisagem e possível diálogo com o bioma da planície costeira de rio grande e seu entorno. São exemplos desta pesquisa desde o mapeamento de monumentos do espaço urbano, aos projetos de jardins e rótulas - os quais fazem parte da estética de urbanização - até os aerogeradores do Parque Eólico da praia do Cassino, os quais fazem parte da economia, mas que intervém na paisagem. São também mapeados as praças, parques, feiras e festas populares. Dialogam também com o tema, autores e referências da noção de paisagem, provindos do campo da geografia, da biologia e do turismo, o que vem a ampliar o diálogo e a pesquisa campo das artes junto a outras áreas do conhecimento. São etapas do projeto o mapeamento e catalogação de monumentos, jardins, parques, praças, feiras e movimentos sociais que utilizem o espaço público e intervenham na paisagem urbana e rural da cidade de Rio Grande e sua possível relação com a preservação ambiental da planície costeira e seu entorno. O projeto prevê a criação de um banco de dados (observatório), publicações, participação em eventos científicos, no ensino (Atelier e Práticas na Paisagem, Artes, ILA) e intercâmbio com grupo de pesquisa Pagus: Laboratório de Paisagem da UFRGS e a criação de uma exposição para fazer referência aos espaços pesquisados e constituídos.

Número do projeto (SisProj): 1054

propesp